top of page

COMO ESCOLHER UM DJ PARA UM EVENTO CORPORATIVO.


Dj | Evento | Corporativo | Dj Renatinho |

Eventos corporativos são um dos segmentos do mercado que mais exigem a escolha de profissionais competentes e experientes, pois ele envolve atender os diversos requisitos que estarão representando o cliente, buscando que tudo saia perfeito, pois existe uma marca corporativa envolvida que precisa ter a sua imagem preservada frente ao público interno e externo.

Então, como escolher um Dj de evento corporativo.



O que um DJ de evento corporativo precisa saber


Quando um DJ atua em uma balada, um casamento, ou uma festa de 15 anos, para citar os tipos de eventos mais frequentes, ele já tem uma grande responsabilidade que é manter a pista agitada para uma festa que tem uma grande importância na vida pessoal dos envolvidos.


Já quando o profissional atua como um DJ de evento corporativo, existem outros tipos de exigências que ele precisa estar preparado para atender.

A primeira delas é que, por uma empresa ter diversos departamentos, todos eles deverão ter suas necessidades atendidas no evento, seja ele uma festa de fim de ano em um espaço de eventos, seja uma convenção de 3 dias em um hotel fazenda.

E isso inclui a atuação do DJ.


Então, independentemente de quem tenha feito a contratação, muitas vezes o evento precisa contemplar as necessidades do próprio departamento de eventos e dos departamentos de marketing, recursos humanos, comercial e dos executivos desses departamentos, além da liderança da empresa, como diretores, vice-presidentes e CEOs, até mesmo das equipes de segurança da empresa e dos altos executivos.


Passo a passo para o DJ ajudar o evento corporativo a ser um sucesso


Entender o público do evento.


O DJ de evento corporativo deve ter em mente que cada evento tem um público único, que pode variar se o evento for um lançamento de produto, voltado para o público externo da empresa, ou uma festa de fim de ano, voltada para o público interno.


Independentemente de qual seja o objetivo do evento corporativo, mesmo que o ambiente seja mais descontraído, e a própria cultura da empresa seja mais informal, a atmosfera do evento é profissional, voltada para o posicionamento da marca perante seus públicos-alvo, o networking, a motivação das equipes e a comemoração do atingimento das metas.


Playlist adaptada para o objetivo do evento.


Sabendo qual o objetivo do evento, o DJ de eventos corporativos cria uma playlist baseada no roteiro do evento, que pode ir desde músicas de fundo relaxantes durante os intervalos de palestras e treinamentos, até músicas mais emocionantes para o lançamento de produtos, até á as mais animadas para momentos de descontração, como coquetéis ou festas noturnas.


Volume do som apropriado para cada momento do evento.


Um dos cuidados que o DJ de evento corporativo precisa ter é se certificar de que o volume da música esteja ajustado para permitir conversas sem esforço. A música deve complementar a experiência do evento, criar uma atmosfera agradável, não atrapalhar.


Garantir transições suaves entre as músicas.


Essa é uma dica que vale para qualquer evento, mas ainda mais para o evento corporativo. Evitar transições abruptas entre as faixas da playlist e fazer um planejamento com antecedência, para que, além de atender aos gostos ou solicitações específicas dos clientes, elas fluam naturalmente, mantendo o clima e não deixando que animação da pista de dança caia quando não pode cair.


Ter flexibilidade para atender as solicitações de músicas.


Mesmo tendo feito todo o planejamento, o DJ de eventos corporativos deve ter a flexibilidade de atender as solicitações de músicas que venham dos participantes do evento, e até estimular que as pessoas peçam suas músicas preferidas.


Mesmo que o foco seja corporativo, permita que os participantes façam solicitações musicais, pois isso pode criar um senso de interação e envolvimento. Mas tenha o bom-senso de filtrar o que eventualmente não se encaixe no espírito e no objetivo do evento.


TRABALHAR COM equipamentoS profissionaIS.


Pode parecer redundante falar isso, mas um bom DJ de evento corporativo sempre deve tocar com equipamento profissional, para poder entregar aquilo que se espera dele, que é um evento com a pista animada.


Estar disponível para anúncios e interações com o público.


Além de tocar músicas, o DJ de evento corporativo deve estar disponível para agir como locutor e fazer anúncios importantes e fornecer informações durante o evento, se necessário, além de interagir com o público.


Estar sempre atualizado com as últimas tendências.


O DJ também precisa estar atualizado com as últimas tendências nacionais e internacionais. Não somente porque uma playlist diferenciada ajuda a valorizar o evento do cliente, mas para poder atender todos os pedidos do público.


Sempre respeitar o objetivo do evento.


O DJ de evento corporativo nunca pode esquecer que os focos do evento corporativo são os participantes e a marca da empresa que o promove, e que o seu trabalho é criar uma trilha sonora adequada para isso. Não chamar mais atenção para si mesmo.

Comentarios


bottom of page